Governo Federal Acesso à informação do Governo Federal
Fotos: Sebastião Araújo, Arte: Fábio Nolêto
A função de "busca" está em manutenção.

Início / Pesquisa & Desenvolvimento / Laboratórios / Análises Agroambientais

Análise Agroambiental

O Laboratório de Análise Agroambiental atua nas áreas de fertilidade de solos, nutrição vegetal e monitoramento ambiental, realizando análises físicas, físico-químicas e composição química de amostras de solos, substratos, compostos orgânicos e tecidos vegetais. Ainda faz parte do escopo desse laboratório à caracterização de emissões gasosas decorrentes de processos agrícolas e a análise química de elementos totais de grãos para avaliação do valor nutricional na alimentação humana.

O Laboratório de Análise Agroambiental participa de dois programas interlaboratoriais para o monitoramento da qualidade dos serviços prestados: Programa de Análise da Qualidade dos Laboratórios de Fertilidade (PAQLF), coordenado pela EMBRAPA Solos no Rio de Janeiro e o Programa Interlaboratorial de Análise de Tecido Vegetal (PIATV), coordenado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo em Piracicaba.

O Laboratório esta equipado com espectrofotômetro visível, espectrofotômetro de absorção atômica por chama, cromatógrafo gasoso, analisador automático por combustão seca para determinação dos teores de carbono, nitrogênio, oxigênio, hidrogênio e enxofre, centrífugas refrigeradas, interferômetro de absorção na faixa espectral do infravermelho médio, medidores de pH, densímetros entre outros.

Gestor:
Ivã Matsushige - iva.matsushige@embrapa.br

Tipos de Amostras Analisadas

  • Solos;
  • Substratos Orgânicos e Inorgânicos;
  • Tecidos Vegetais;
  • Grãos (arroz e feijão);
  • Emissões gasosas provenientes da atividade agropecuária.

Ensaios Realizados

1 – Análise para Avaliação de Fertilidade ou Química de Solos:

  • pH do solo, extraível em água.
  • pH do solo, extraível em solução de Cloreto de Potássio 1 M.
  • pH do solo, extraível em solução de Cloreto de Cálcio 0,01 M.
  • Acidez Potencial ou Total em Solos (H+ + Al+3), extraível em solução de Acetato de Cálcio 0,5 M, pH ~ 7,0.
  • Amônio extraível em solução de Cloreto de Potássio 1 M.
  • Amônio extraível em solução de Cloreto de Potássio 1 M.
  • Alumínio extraível em solução de Cloreto de Potássio 1 M.
  • Magnésio extraível em solução de Cloreto de Potássio 1 M.
  • Cálcio extraível em solução de Cloreto de Potássio 1 M.
  • Boro extraível em água quente (sob consulta).
  • Fósforo extraível em solução Mehlich I.
  • Sódio extraível em solução Mehlich I (sob consulta prévia).
  • Potássio extraível em solução Mehlich I.
  • Manganês extraível em solução Mehlich I.
  • Ferro extraível em solução Mehlich I.
  • Cobre extraível em solução Mehlich I.
  • Zinco extraível em solução Mehlich I.
  • Determinação de Matéria Orgânica segundo metodologia Walkey-Black.
  • Determinação de Carbono e Nitrogênio Totais pelo método da combustão seca.
  • Determinação de Enxofre extraível em solução mista de Dihidrogeno Fosfato de Cálcio 0,01 M e Ácido Acético 2 M (sob consulta prévia).

Referência: Silva, Fábio Cesar et Ali; “Manual de Análises Químicas de Solos, Plantas e Fertilizantes”.   EMBRAPA – Informação Tecnológica; Brasília, Distrito Federal, Brasil, ISBN: 978-85-7383-430-7. 2009.

2 – Análise Física de Solos:

  • Umidade gravimétrica.
  • Curva de retenção de água, método da centrífuga.
  • Argila dispersa em água.
  • Porosidade (macro, micro e total).
  • Densidade real ou das partículas.
  • Densidade aparente, método do anel volumétrico.
  • Estabilidade de agregados em água.
  • Estabilidade de agregado por peneiramento a seco.
  • Condutividade hidráulica na saturação.
  • Granulometria.
  • Condutividade elétrica.

Referência: Silva, Fábio Cesar et Ali; “Manual de Análises Químicas de Solos, Plantas e Fertilizantes”.   EMBRAPA – Informação Tecnológica; Brasília, Distrito Federal, Brasil, ISBN: 978-85-7383-430-7. 2009.

3 – Análises Químicas de Tecidos Vegetais (folhas, parte aérea, grãos) (raízes, sob consulta).

  • Nitrogênio total, método de Kjeldahl (sob consulta prévia).
  • Enxofre total (sob consulta prévia).
  • Fósforo total.
  • Potássio total.
  • Magnésio total.
  • Cálcio total.
  • Manganês total.
  • Ferro total.
  • Cobre total.
  • Zinco total.
  • Carbono e Nitrogênio totais, método da combustão seca.

Referências: KALRA, Y. P.; “Handbook of Reference Methods for Plant Analysis”. CRC Press / Taylor & Francis Group. Pgs: 37-60. 1998. ISBN-13: 978-1-57444-124-6.  New York – USA.
SARRUGE, JOSÉ RENATO; HAAG, HENRIQUE PAULO; “Análise Química em Plantas”. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz – Universidade de São Paulo. Piracicaba – São Paulo – Brasil. 1974.
BATAGLIA, O. C.; FURLANI, A. M. C.; TEIXEIRA, J. P. F.; FURLANI, P. R.; GALLO, J. R.; “Métodos de Análise Química de Plantas”. Boletim Técnico Nº 78. Instituto Agronômico de Campinas – IAC. 1983. ISSN: 0100-3100. Campinas, São Paulo, Brasil.
Prestação de Serviços.

O Laboratório de Análise Agroambiental da Embrapa Arroz e Feijão atualmente NÃO PRESTA SERVIÇOS para instituições externas.

Telefone: (62) 3533-2110; e-mail: cnpaf.sac@embrapa.br

 Infoteca-e

Embrapa Arroz e Feijão
Rodovia GO-462, km 12 Zona Rural C.P. 179
75375-000 Santo Antônio de Goiás, GO
Fone: (62) 3533-2110/2103 - Fax: (62) 3533-2100
Responsável pelo Acesso às Informações: Rodrigo Peixoto Barros
rodrigo.barros@embrapa.br / (62) 3533.2108